UNFPA e setor privado avaliam resultados de 2018 e planejam ações para 2019

Participaram da reunião representantes das empresas MSD e Semina, mantenedoras da Aliança, as signatárias Magazine Luiza, Pantys e Grupo Accor, além das empresas Cabify e The Body Shop (Foto: UNFPA Brasil/Paola Bello)

Discutir o atual cenário da saúde e dos direitos sexuais e reprodutivos no Brasil e pensar soluções para mobilizar diferentes setores para a pauta. Estes foram os principais assuntos que guiaram a última reunião da Aliança pela Saúde e pelos Direitos Sexuais e Reprodutivos no Brasil foi realizada na quinta-feira, 29, em São Paulo.

Participaram da reunião representantes das empresas MSD e Semina, mantenedoras da Aliança, as signatárias Magazine Luiza, Pantys e Grupo Accor, além das empresas Cabify e The Body Shop, e do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA).

“Essa Aliança é uma iniciativa pioneira em escala global. Temos diferentes empresas reunidas ao redor de uma pauta e estamos unindo esforços, desde a base, para avançar nessa pauta civilizatória”, destacou o representante do UNFPA no Brasil, Jaime Nadal. “Desde o início, o UNFPA atua como um secretariado executivo da Aliança, e a liderança é das empresas. Nosso papel é garantir que tenham infraestrutura e base para que a parceria do setor privado para avançar nessa pauta seja bem-sucedida”, completou.

Reunião com membros da Aliança pela Saúde e pelos Direitos Sexuais e Reprodutivos

Durante a reunião, foram lembrados os avanços da iniciativa em 2018, como a apresentação pública da Aliança e o lançamento da Campanha Ela Decide, em abril. Também foram destaque as novas adesões e apoio e a participação da Aliança em diferentes eventos – de congressos de medicina a eventos com setor privado e com juventude.

Também foram debatidos planos para 2019. Entre eles estão o lançamento de um fundo para apoiar pequenos projetos ligados à pauta da saúde e dos direitos sexuais e reprodutivos no Brasil, além de novos materiais da campanha Ela Decide Seu Presente e Seu Futuro.

Para conhecer mais sobre a Aliança, acesse aliancapelaescolha.org

Você também pode gostar de

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *